Desce Turismo
  • Instagram Desce Turismo
  • Twitter Desce Turismo

Twitter

Instagram

  • Facebook Desce Turismo

Facebook

Sobre nós

Blog de viagem compartilhado por uma turismóloga e uma fotógrafa fascinadas por viagem. Thaís e Débora percorrem há três anos cidades incríveis desse mundão.

Saiba mais..

Busque por Tags
Please reload

AS MAIS LIDAS

Enoteca Falorni em Greve in Chianti, Toscana

Uma postagem chegando cheia de amor da Itália sobre ... vinhos! É claro! Visitamos a incrível região Toscana, e você não acha que deixamos passar logo isso? Não, claro que não. Nos acompanhe até o final e conheça uma possibilidade incrível para sua viagem!

 

Nesta postagem, gostaríamos de indicar O paradeiro dos melhores vinhos toscanos. O lugar que você está procurando no mapa caso seja um amante degustador de vinhos, é a comune de Greve in Chianti.

 

Para quem não pode passar por Chianti garantimos que ainda que em cidades como Veneza, Bologna e Roma que são de outras regiões fora da Toscana, é muito fácil encontrar uma carta de vinhos que tenha uma ou várias sugestões de garrafas vindas da região. 

 

Garantimos, assim, a experiência Chianti em todo território italiano, fique tranquilo.

 

 

Não ficamos nenhuma noite na cidade, mas passamos uma tarde lá aproveitando a saída de Follonica rumo a Siena, um caminho que por sinal é fantástico de se percorrer de carro.

 

No verão, os grandes campos de parreiras e girassóis são capazes de te fazer rir à toa, e parar no meio da estrada pra tirar algumas fotos. Mea culpa.

 

 

  

Enoteca Falorni

 

Já sobre Greve in Chianti nossa dica é de uma loja de vinhos chamada Enoteca Falorni, que tem seu potencial questionado já que a entrada fica em uma nada especial parte comercial do centro histórico, no entanto, construída desde 1893, e utilizada como adega pela União de Produtores de Vinho de Greve, basta pisar na sua entrada para saber o quanto ela é especial.

 

 

 

 

De acordo com o grupo Falorni que toca o negócio na Le Cantine di Greve in Chianti, eles possuem cerca de 1.000 vinhos selecionados da região Toscana, e a parte que muito interessa o visitante: mais de 140 prontos para serem degustados.

 

 

O interior da Enoteca mescla o rústico com o moderno.

 

O estilo de 1893 permanece, e em cada cantinho você encontrará uma opção de vinhos para degustar em máquinas supermodernas, as quais você pode escolher até o quanto de vinho gostaria de tomar em sua taça, o que influencia também no valor a ser pago depois.

 

 

 

Falando em valor, antes de começar a aproveitar os vinhos é necessário ir até o balcão principal e deixar um cartão de crédito, em seguida você receberá uma taça e um cartão da adega para passar nas máquinas liberando o vinho desejado. 

 

O pagamento é feito no final da degustação de acordo com o consumido.

 

  

Além dos vinhos, a enoteca oferece também opções de aperitivos e acompanhamentos selecionados da região, como azeites, salames, pães, geléias, mostardas, molhos variados e muito mais.

 

Caso seja do interesse contemplar uma experiência mais completa, é possível também almoçar no lounge e provar alguns coquetéis feitos com vinho entre outras possibilidades.

 

 

 

A cidade de Greve in Chianti

 

Saindo da adega, a sugestão fica por andar - entre alguns tropeços depois do vinho, pelo pequeno centro histórico da comune de Chianti que é bem fácil de encontrar, basta localizar a Piazza Matteotti e o encanto é livre.

 

 

  

 

Visitando a Enoteca Falorni

 

Endereço: Piazza delle Cantine, 6 - Greve in Chianti

Horário de funcionamento: Segunda, Quinta, Sábado e Domingo de 10:30 às 19:00

A adega permanece fechada às Terças e Quartas 

 

Site: http://www.enotecafalorni.it/

E-mail: info@enotecafalorni.it

 

*Informações atualizadas em 03 de outubro de 2017

 

Curtiu nossa dica? Você também é apaixonado por vinhos, então não pode perder essa experiência em sua viagem à Itália! Tem alguma dúvida? Escreve pra gente aqui embaixo!

 

 

 

Please reload

Mais postagens:

As vantagens de um hotel Disney

May 22, 2019

Montmatre e a boemia parisiense

March 2, 2018

1/15
Please reload