Desce Turismo
  • Instagram Desce Turismo
  • Twitter Desce Turismo

Twitter

Instagram

  • Facebook Desce Turismo

Facebook

Sobre nós

Blog de viagem compartilhado por uma turismóloga e uma fotógrafa fascinadas por viagem. Thaís e Débora percorrem há três anos cidades incríveis desse mundão.

Saiba mais..

Busque por Tags
Please reload

AS MAIS LIDAS

Roteiro pelas principais atrações de Roma

Um dia longo de muitas descobertas em um museu ao céu aberto. Com um mapa na mão, nosso segundo dia foi explorando cada pedacinho de Roma passando por cartões postais como Fontana di Trevi, Piazza del Popolo, Piazza Navona, Panteão e muito mais!

 

O nosso hotel estava localizado na Piazza dell’Indipendenza, e finalizamos o passeio na Piazza Venezia

 

Antes do passo a passo do Desce, você pode conferir aqui embaixo as principais paradas do passeio e o total em quilômetros que fizemos neste dia. Como colocamos no mapa apenas as paradas principais, vamos arredondar o trajeto para 7 km, certo?

 

 

 

Santa Maria degli Angeli e dei Martiri

 

Saímos do hotel na parte da manhã e seguimos pela Via Enrico de Nicola em direção a Piazza della Repubblica, onde fica a igreja de Santa Maria degli Angeli e dei Martiri -ou Basílica de Santa Maria dos Anjos e dos Mártires.

 

A princípio sua fachada não demonstra nada de mais, seu interior, no entanto, é incrível.

 

 

Aqueles que vão a Roma buscando a capela Sistina no Vaticano para ver de fato uma das maiores obras de Michelangelo, pode entrar nesta singela Basílica, e encontrar um altar todo pintado por ele, incrível pra variar. Foi a nossa primeira boa descoberta em Roma. 

 

Uma curiosidade sobre a basílica é que ela foi construída dentro dos restos das Termas de Diocleciano, uma das maiores da Roma Antiga. 

 

Importante dizer que mesmo não sendo fã ou praticante do catolicismo, a entrada em TODA a igreja aberta é obrigatória. A arquitetura desde fachada à altares, e história que contam cada pintura e cada estátua não tem religião. É a história do mundo ali. 

 

 

Rumo: Fontana di Trevi

 

Cruzando a Piazza della Repubblica e seguimos pela Via Nazionale até o Palazzo del Esposizioni. Subimos então pela Via Milano, passamos pela Villa Carlo Alberto al Quirinale, e fomos em direção a Piazza del Quirinale

 

 

Fizemos uma pausa para foto em um dos milhares obeliscos, calibramos a garrafinha de água, e descemos as escadas pela Via della Dataria para virarmos na Via di S. Vincenzo que dá acesso a primeira parada: Fontana di Trevi!

 

 

 

 

Surpresa ruim: a Fontana di Trevi estava em obras em junho de 2014. Cata como a vimos:

 

 

 

Piazza di Spagna

 

Frustrações a parte, seguimos por entre algumas ruas aleatórias até a Piazza di Spagna onde tem mais um obelisco, uma escadaria movimentada e uma igreja da Santíssima Trindade que também estava em obras.

 

 

 

A Praça do Povo! Ou.. Piazza del Popolo

 

Seguimos pela Via del Babuino até a Piazza del Popolo aproveitando o clima escaldante de verano romano.

 

A Piazza del Popolo é cercada de construções incríveis. Além das duas igrejas Di Santa Maria dei Miracoli e Santa Maria in Montensanto, lá está o Obelisco Flamínio construído no reinado dos faraós em XIII a.C e levado a Roma em 10 a.c..

 

Na praça também fica localizada a Fontana del Nettuno, e no lado oposto a Fontana della Dea di Roma o Museo Leonardo da Vinci e a Basilica Santa Maria del Popolo.

 

 

Ainda é possível acessar uma espécie de mirante chamado Passeggiata del Pincio, e ter uma vista panorâmica da praça. No dia que visitamos, no entanto, havia uma mega estrutura de show na praça, então a vista estava comprometida.

 

Resolvemos almoçar por ali onde percebemos preços bem salgados nos restaurantes ao redor da praça, então procuramos algo mais adentro e paramos em um dos restaurantes da Via dell’Oca paralela a praça. Comida boa, preço mais acessível.

 

 

Destino: Piazza Navona

 

Seguimos pela Via di Ripetta até a Piazza Augusto Imperatore, onde fica o Mausoleo di Augusto. Depois passamos por entre algumas ruas em direção a famosa Piazza Navona.

 

 

A piazza hoje em dia é um grande polo gastronômico e arquitetônico, e uma das principais de Roma. Possui duas fontes com monumentos: a Fontana di Nettuno e a Fontana dei Quattro Fiumi. Lá também está a Igreja Sant’Agnese in Agone, lindíssima por dentro e por fora.

 

Muito antigamente a piazza era um espaço parecido Circo Massimo de barbáries; seu nome? Circo Agonístico, que bom que passou, não é? 

 

 

 

 

 

 

Panteão

 

Outro ponto turístico incrível é o Panteão que fica bem próximo a Piazza Navona. Ele é de cair o queixo, porque você não imagina o contraste de uma construção de mais de 2mil anos com construções bebês perto dele, e o resultado é uma paisagem sem igual. 

 

Ah, sua construção não tem nada a ver com a Igreja Católica, ele é originalmente um templo politeísta de antes de Cristo, uma relíquia quase intacta da Roma Antiga. IN-CRÍ-VEL (hoje é da Igreja Católica rs).

 

 

 

 

Piazza Venezia

 

Após tudo isso estávamos exaustas, então fomos em direção a Piazza Venezia que encantou com esse gramadinho cor de Itália, e pegamos um táxi de volta ao hotel.

 

 

Saudades, Roma!

 

Gostou desse roteiro a pé por algumas das principais atrações turísticas de Roma? Comenta aqui embaixo! Adoraríamos ouvir o que você achou da nossa experiência, e, claro, como foi a sua!

Please reload

Mais postagens:

As vantagens de um hotel Disney

May 22, 2019

Montmatre e a boemia parisiense

March 2, 2018

1/15
Please reload